O manual da startup para encontrar clientes B2B no Facebook

Just spent money on facebook ads and it's gone

O Facebook é grande.

Atualmente, há cerca de 1,8 bilhão de pessoas no maldito site. Gastando religiosamente 50 minutos de seu tempo livre. Todos os dias.

Ficam loucos por gatos, morrem de rir com vídeos hilários, se irritam em discussões políticas e leem notícias de todos os tipos, reais e falsas.

O Facebook é grande demais para ser ignorado. Para os profissionais de marketing. Para os fundadores. Para você.

É a plataforma mais rápida do planeta para criar seu fator de conhecimento, curtidas e confiança.

As pessoas compram de pessoas que conhecem, gostam e confiam.

Isso torna o Facebook a plataforma mais rápida para vender.

O funil de vendas sem atrito com o qual você sonha à noite.

Mas há um problema.

As possibilidades de marketing do Facebook são tão poderosas que são o material de que são feitos os pesadelos.

Para muitas pessoas, fazer marketing no Facebook é como pilotar um ônibus espacial. É incrivelmente legal, mas você não sabe realmente o que está fazendo.

I have no idea what i'm doing

Tudo isso parece um pouco esmagador. Mas não precisa ser assim.

O objetivo deste Playbook é eliminar todas as coisas complicadas e fazer com que você comece a vender no Facebook em pouco tempo.

Essas 12 táticas ensinarão tudo o que você precisa saber para transformar a maior plataforma social do mundo no pequeno reino da sua startup.

Há três ingredientes principais:

  • uma compreensão completa de seu público👂
  • conteúdo de alta qualidade que repercute em seu público 📖
  • um pequeno orçamento para anúncios no Facebook 💶

É isso aí.

A adequação entre valor e público-alvo, combinada com um entendimento dos princípios de segmentação do Facebook e alguns trocados, fará com que você crie anúncios de conversão eficientes em pouco tempo.

Você encontrará recursos adicionais para preencher as lacunas no final da postagem.

Que comecem os jogos.


Jogue #1: espalhe valor antes de esperar amor

Vejo muitas startups começando no Facebook com perguntas como:

  • experimente nosso aplicativo! 😉😉
  • Diga-nos o que você achou! 😉😉
  • curta nossa página! 😉😉
  • espalhe o amor! 😉😉

Agora.

Por que Alguém que não seja sua mãe, amante ou amigo compartilharia algo de alguma startup estranha na linha do tempo do Facebook? 🤷

☝️ Lembre-se sempre de que você trabalha para o seu público.

Não se trata de você e muito menos do que você tem a dizer.

É sobre eles e sobre o que você pode dar a eles.

Você precisa merecer o envolvimento deles ao dar-lhes valor.

Conteúdo de alta qualidade que ajuda, inspira, encanta e/ou entretém é o nome do seu jogo.

I find your lack of facebook disturbing

Isso não significa que seu conteúdo tenha que ser original.
Pelo menos no início.

Ganhar no Facebook é igual a construir um público interessado e engajado.

Para chegar lá, primeiro você precisa descobrir que tipo de conteúdo repercute nas pessoas que você quer atrair. A repercussão do seu público no conteúdo que você compartilha lhe dirá que tipo de material é valioso para ele.

Isso exigirá tentativa e erro.

A boa notícia é que, ao fazer isso, você criará uma base de fãs engajados.

Estude os concorrentes e outras páginas que parecem ter se encaixado perfeitamente no conteúdo e no público. Jogue coisas em sua página e veja o que se mantém.

Leve o tempo que for necessário para realmente entender quem é seu público-alvo, cometendo erros com o conteúdo de outra pessoa 😏.

A vantagem de ter poucos seguidores é que ninguém perceberá se você fizer besteira.

Além disso, criar conteúdo original de alto valor e não obter nenhum envolvimento realmente é uma droga.

Confie em mim, eu já passei por isso... 👉 Faça a curadoria antes de criar.

Depois de descobrir que tipo de conteúdo funciona bem, você pode começar a lançar seu próprio conteúdo e desenvolver a partir daí.

Tente fazer com que seu conteúdo seja o mais compartilhável possível, seguindo as dicas de Jonah Berger Six STEPPS to virality de seu livro Contagious.

Jonah Berger's six teps to virality

Fonte: Jonah Berger

Não é possível agradar à geração do milênio, aos pais em crise de meia-idade, aos gamers e aos profissionais de marketing on-line ao mesmo tempo.

A menos que você pode criar algo tão legal quanto Star Wars. Ou Game of Thrones.

Concentre-se em encontrar seu sweet spot, o nicho em que você pode ter mais influência. Em seguida, concentre-se nele.

Essa não é uma sabedoria exclusiva do Facebook. Ela se aplica a todos os aspectos do marketing.


Jogar #2: Jogar de acordo com as regras de Mark

Caso você esteja vivendo sob uma rocha: O Facebook está tentando dominar o mundo.

Eles querem acabar com o Google, o Snapchat e todos os outros para se tornarem o único lugar on-line onde as pessoas passam o tempo. Uma plataforma para governar todas elas

Isso significa que você não deve levar as pessoas do Facebook para uma das plataformas que ele está tentando destruir.

Portanto, faça o upload de vídeos no Facebook em vez de criar um link para o YouTube.

Não tire os doces do Facebook se quiser que ele seja legal com você.

Deal with it

Não porque eu queira que o Facebook vença ou algo assim, mas porque o Facebook dará mais relevância ao seu conteúdo se ele for nativo.

Pode apostar que mais pessoas verão seu material se você o publicar como um vídeo do Facebook em vez de um vídeo do YouTube.

Use o narcisismo do Facebook a seu favor, jogando junto.

Exemplo? No momento, eles estão promovendo o vídeo, portanto, enlouqueça 🎬.

Maior alcance? Vídeo ao vivo 👉 Você sabe o que fazer.


Reproduzir #3: Impulsione o engajamento com posts impulsionados

Otimize as postagens impulsionadas para obter o máximo de envolvimento com a página

O impulsionamento de publicações pode acelerar o processo de descobrir que tipo de conteúdo funciona e ajudá-lo a obter uma comunidade engajada mais rapidamente.

O procedimento não é uma ciência de foguetes. Você pode literalmente dizer ao Facebook que deseja que seu anúncio obtenha mais curtidas na página.

A ferramenta de segmentação do Facebook é bastante surpreendente.

Deseja exibir seu anúncio de um tratamento de bem-estar para uma mulher casada 💍 com diploma universitário 📜, que ganha mais de $60k por ano 💰, que mora em Buenos Aires 🏙️ com o hábito de fazer compras on-line 🛍️ com seu cartão de crédito 💳, porque ela tem um aniversário 🎉 que se aproxima dentro de 30 dias?

Com certeza, amigo.

Eu nem sequer fiquei louco com isso. Dê uma olhada neste infográfico ⚠️.

A segmentação com base em interesses é apenas uma maneira. Vamos nos aprofundar nos diferentes tipos de público e nos tipos de anúncios a serem exibidos no Plays mais tarde 👇.

Apesar do fu*kton de possibilidades de segmentação, os anúncios direcionados a pessoas que curtem páginas de concorrentes ou de outros influenciadores no espaço tendem a funcionar igualmente bem. Eles são basicamente leads gratuitos, pois essas páginas já fizeram a divulgação para você.

Para exibir anúncios para os fãs de um concorrente no Facebook, vá para Interesses no Gerenciador de anúncios do Facebook e digite o nome da Página. Se corresponder, a Página estará disponível para sua segmentação e seu anúncio será exibido para os fãs dela.

Isso não funciona para todas as páginas.

As páginas com muitas curtidas geralmente podem ser direcionadas, mas não há como ter certeza, a não ser tentando.

Você pode ampliar essa estratégia segmentando outras Páginas relevantes para os seguidores do seu concorrente.

Vá para Audience Insights.
(Basta procurá-lo na barra de pesquisa superior).

Coloque a página para a qual você deseja obter insights e confira Curtidas na página para ver quais outras páginas estão sendo curtidas.

Que tal impulsionar as postagens para seu próprio público e os amigos dele? 🤔

Parece um jogo de soma zero, mas não é.

Seu próprio público já está interessado em você, portanto, é mais provável que ele se envolva com seu conteúdo. Por sua vez, quem não é fã terá maior probabilidade de se envolver com uma publicação que já tenha algumas curtidas do que com uma que não tenha nenhuma.

⚠️ Não estrague o bom relacionamento que você já tem com essas pessoas enfiando anúncios na garganta delas.

Sua meta é alimentá-los com valor épico até o ponto em que eles se tornem clientes pagantes e/ou embaixadores da marca.

Como agora você já tem uma boa ideia dos assuntos que interessam a eles, a melhor maneira de conseguir isso é promover o conteúdo do seu blog.

Regra de ouro 👍:

  • Dia 1: Impulsione as pessoas que curtem sua página - público quente 🔥
  • Dia 2: impulsionar para os amigos das pessoas que curtem sua página - público morno 💧
  • Dia 3: Impulsione as pessoas que você escolhe por meio da segmentação - público frio ❄️

Se você não quiser gastar muito para aumentar o engajamento da página, experimente anúncios na coluna direita em vez dos mais caros no Feed de notícias.

Os profissionais de marketing parecem achar que os anúncios na coluna da direita são inúteis. A verdade é que eles podem ser eficazes a um preço baixo.

Como em tudo no marketing on-line: Faça testes A/B antes de tirar conclusões precipitadas.


Jogar #4: Aumente sua base de fãs convidando os que gostam de posts

Aproveite o impulso que você criou com seu conteúdo convidando as pessoas que gostaram da postagem a também curtirem sua página.

É provável que essas pessoas se envolvam com conteúdo futuro, mas muitas vezes não se esforçam para ir até sua página para curtir.

Isso é especialmente verdadeiro para as pessoas que navegam pelo Facebook no celular, pois elas tendem a não sair do feed de notícias para explorar fontes de conteúdo.

Ao convidá-los, você dá a eles a oportunidade de se conectar com você com apenas um clique.

É claro que você não quer gastar seu precioso tempo e energia clicando manualmente em todos os botões Invite -.

Felizmente, há um script que faz isso para você. É claro que existe 😏.

Vá em frente e clique nas curtidas de uma de suas postagens. No Google Chrome.
(Talvez seja necessário rolar a tela um pouco para baixo para carregar todas as curtidas das postagens).

Agora, abra o Console do desenvolvedor JavaScript do Chrome.

  • Você pode fazer isso acessando [View] - [Developer] - [JavaScript Console].
  • Ou clicando com o botão direito do mouse em algum lugar da página e clicando em [Inspecionar].
  • Ou usando as teclas curtas CMD+OPTION+J no Mac ou F12 no Windows.

Com todos os post likers alinhados, cole o seguinte código no console:

var buttons;buttons = document.getElementsByClassName('_42ft');for (var i = 0; i < buttons.length; i++) { if(buttons[i].getAttribute('ajaxify') != null){ if(buttons[i].getAttribute('ajaxify').indexOf('invite') != -1){ buttons[i].click(); } }}

Pressione Enter.

Todos os que gostaram da postagem e ainda não curtiram sua página estão convidados a fazê-lo.


Reproduzir #5: direcione o tráfego do site com dark posts

Postagens obscuras para gerar tráfego e testes A/B

Uma publicação obscura é uma publicação que só é exibida para o público-alvo que você deseja atingir. Ele não aparecerá em seu feed de notícias.

Otimize esses anúncios para gerar tráfego para seu website ou aplicativo com compelling CTAs.

Saiba que você pagará mais pelos anúncios quando direcionar um público frio.

As postagens escuras também são uma maneira incrível de fazer testes A/B ⚖️.

Digamos que você não tenha certeza de como chamar sua próxima postagem no blog de 🤔.

Você pode simplesmente veicular dois anúncios de orçamento muito baixo com títulos diferentes e ver qual deles obtém mais tração.

As publicações obscuras permitem que você veicule vários anúncios para diferentes públicos-alvo. Faça testes A/B com os títulos e crie mensagens personalizadas para diferentes alvos demográficos e geográficos.

Outras coisas que você pode testar A/B usando dark posts:

  • qual foto usar para o conteúdo
  • qual vídeo publicar
  • qual público-alvo atingir
  • que página de destino lançar
  • quais mockups de seu aplicativo usar

Você pode veicular dezenas de anúncios em um mesmo dia, sem que nenhum deles seja realmente exibido na linha do tempo da sua Página.


Reproduzir #6: Liberar o poder do Pixel do Facebook

O Pixel do Facebook é um pequeno script que você instala em seu site e que segue as pessoas à medida que elas navegam em seu site 🕵️.

Ele vem com três superpoderes:

#1. Rastreamento de visitantes do site
O Pixel permitirá que você exiba anúncios para as pessoas que visitaram seu website.

Algumas maneiras pelas quais o Pixel permite que você segmente os visitantes do site em públicos-alvo personalizados:

  • pessoas que visitaram seu site nas últimas 24 horas
  • pessoas que visitaram seu site nos últimos 180 dias, mas não voltaram a visitá-lo em 30 dias
  • pessoas que visitaram uma página específica em seu site
  • pessoas que visitaram uma página específica em seu site, mas não outra página específica

Para criar um público personalizado a partir do seu Pixel, selecione Website Traffic na seção Públicos. Consulte Play #8 para obter mais informações.

#2. Rastreamento de conversão do site
O Pixel ajudará o Facebook a entender se um anúncio conseguiu gerar algum tipo de conversão.

De fato, você pode configurar diferentes eventos de conversão. Pense em cadastros de avaliação, compras, assinaturas de boletins informativos e muito mais.

O Facebook usará as informações sobre conversões coletadas pelo Pixel para otimizar anúncios para futuras conversões em seu site.

#3. Públicos semelhantes
O Facebook usará a inteligência sobre as pessoas que visitam e convertem para criar públicos de pessoas com as mesmas características que provavelmente converterão com seus anúncios no futuro.

Mais informações sobre a magia dos públicos semelhantes nas peças #7 e #11 👇.

Quanto mais dados seu Pixel puder coletar sobre visitas e conversões no website, mais precisos serão esses dados. E mais poderosos serão os anúncios e os públicos-alvo baseados nesses dados.

Portanto, instale o Facebook Pixel em seu site agora mesmo.

Mesmo que você ainda não esteja na fase de veiculação de anúncios.

É do interesse de sua startup que o Pixel comece a aprender sobre os visitantes de seu site o mais rápido possível.

👉 Aqui está um desdobramento de como equipar seu site com o Pixel do Facebook e como configurá-lo para o acompanhamento de conversões.

Use a extensão FB Pixel Helper para o Chrome para se certificar de que você configurou tudo corretamente.

Você pode verificar o desempenho do seu Pixel acessando Pixels na seção Ativos no menu do Facebook Ads Manager. Ele mostrará todos os visitantes e eventos que o Pixel está rastreando.

Na Salesflare, colocamos o pixel do Facebook em nosso rastreamento de links para que possamos criar públicos personalizados a partir das pessoas que clicam nos links em nossos e-mails.

Ficaríamos felizes em lhe dar os mesmos poderes. Só nos avise 😎.


Reproduza o #7: Prepare o campo de jogo do público

A chave para o sucesso da publicidade é exibir os anúncios certos para as pessoas certas. O Facebook não é diferente.

Você provavelmente já ouviu falar muito bem sobre todas as maneiras de usar o Facebook para segmentar clientes em potencial e nutrir os leads existentes.

Tão selvagem que provavelmente o assustou um pouco 😳.

Antes de nos aprofundarmos no que há de bom, vamos dedicar um momento para apresentar todas as opções de segmentação, bem como as melhores maneiras de usá-las, tanto separadamente quanto combinadas.

Não é tão assustador quanto parece.

Públicos personalizados

Com o Custom Audiences, você pode se conectar com pessoas que já têm algum tipo de relacionamento com sua startup.

O envolvimento com os clientes existentes, usuários de avaliação ou assinantes de e-mail em suas redes sociais favoritas reforça a sua marca e lhe dá a oportunidade de nutrir leads, aumentar o CLV e criar fidelidade.

Você pode criar Custom Audiences a partir de:

  • Uma lista de e-mails.
  • Pessoas que visitam seu site, capturadas pelo Pixel.
  • Pessoas que concluíram uma ação específica em seu site ou aplicativo. Pense em inscrições para uma avaliação gratuita ou assinaturas pagas.
  • Pessoas que se envolveram com você no próprio Facebook, como assistir ao seu vídeo.

Públicos semelhantes

Os Públicos semelhantes são grupos de pessoas que o Facebook reúne para você com base em semelhanças com os Públicos personalizados existentes.

Eles permitem que você encontre novos leads que ainda não teve o prazer de conhecer, espelhando sua base de fãs do Facebook, visitantes do site e clientes.

E mais.

Você pode criar um público semelhante a cada público personalizado que tiver.

Os sósias permitem que você vá além do seu alcance atual e, ao mesmo tempo, atinja perfis altamente específicos.

O Facebook pode criar públicos semelhantes a partir de várias fontes:

  • Fãs da página do Facebook.
  • Lista de retargeting criada por seu Pixel.
  • Audiência personalizada criada a partir de e-mails - pense em usuários de avaliação gratuita, usuários pagos, assinantes de boletins informativos ou qualquer outra lista de e-mails que você tenha.

Para permitir que o Facebook crie um Lookalike bastante preciso, seu Custom Audience básico deve ter - como regra geral - pelo menos 2.500 pessoas nele.

Interesses

Você pode ser extremamente específico na segmentação de pessoas para anúncios do Facebook.

O número de dados demográficos, comportamentos, características e interesses diferentes que você pode combinar para segmentar é simplesmente impressionante.

Pense em qualquer forma possível de caracterizar uma pessoa na superfície da Terra e eu garanto que o Facebook a terá como opção de segmentação.

Além disso, 👉 a ferramenta de segmentação do Facebook permite que você coloque opções em camadas, tornando-se cada vez mais específico.

Dê uma olhada na hilária história de um homem que visava seu colega de apartamento com anúncios tão assustadoramente específicos que assustou o pobre rapaz.

Se você descobrir a intenção, as necessidades e a probabilidade de engajamento de um determinado público, poderá usar a segmentação do Facebook para exibir seus anúncios exatamente para as pessoas que você precisa exibir.

Exclusão de públicos

Você não só pode incluir vários públicos ao segmentar, como também pode excluir outros para ser mais específico.

A exclusão de públicos é fundamental para dominar os anúncios do Facebook.

Para qualquer ideia de anúncio e o objetivo que você atribuir a ele, haverá pessoas para as quais ele não deve ser exibido. Você não quer que os clientes pagantes vejam uma oferta especial para que os usuários de teste comecem a pagar, certo?

Crie públicos personalizados de todos os grupos possíveis que você imagina serem relevantes para sua startup. Isso facilitará a tarefa de garantir que o valor da sua oferta seja relevante para cada pessoa a quem você a mostrar.

Use o poder da exclusão para evitar ter vários anúncios direcionados aos mesmos públicos, configurando uma hierarquia de públicos.

Algo como:

  • Todos os fãs do Facebook
  • Lista de retargeting (excluindo fãs)
  • Lookalike Audience (excluindo Fãs e Listas de Retargeting)
  • Interesses (excluindo Fãs, Lista de Retargeting e Públicos Semelhantes)

Reproduzir #8: Faça com que os fãs ocultos aumentem seu pipeline de vendas com públicos personalizados

Reproduzir #3 já abordou o lançamento de anúncios para os fãs de sua página para aumentar o engajamento da página e, eventualmente, transformá-los em embaixadores da marca e/ou clientes.

Você pode usar táticas semelhantes para cultivar relacionamentos com os assinantes da sua lista de e-mails. São pessoas que já o conhecem e gostam de você por causa do valor que você oferece, mas ainda não estão usando seu produto.

Você pode criar um Custom Audience de seus assinantes de e-mail a partir de uma lista .CSV com seus endereços de e-mail. Ou do MailChimp.

Observe que o Facebook só pode direcionar e-mails que tenham uma conta ativa do Facebook anexada a ele.

A maioria das pessoas se inscreve no Facebook com seu e-mail pessoal. Portanto, se elas se inscreveram em seu boletim informativo com seus e-mails de trabalho, o Facebook não poderá incluí-las em seu público personalizado.

Você pode tentar contornar isso usando números de telefone. Se você os tiver.

Na Salesflare, gostamos de combinar públicos personalizados de e-mails com vários dados demográficos. Quanto mais dados, melhor será a correspondência.

Você pode optar por cultivar ainda mais seu relacionamento com essas pessoas, mostrando a elas outras postagens do blog ou ofertas para inscrições em avaliações gratuitas.

Para obter o máximo de ROI aquiSe você não tiver uma lista de e-mails, procure incluir em sua lista apenas as pessoas que realmente leem seus e-mails, segmentando por aberturas recentes e cliques em links em sua ferramenta de automação de e-mail.

Dessa forma, você está direcionando apenas as pessoas que já têm fortes sentimentos positivos em relação à sua marca e, ao mesmo tempo, filtrando outras que não estão muito interessadas em engajamento.

Ou inverter a situação 👇.

Direcione-se aos clientes em potencial que nunca abrem seus e-mails e certifique-se de que eles não percam sua mensagem e estimulem o engajamento.

E se você quiser atingir os leitores do seu blog cujos endereços de e-mail você ainda não tem? 🤔

Você pode redirecionar os visitantes do seu blog com anúncios do Facebook criando um público-alvo personalizado do Facebook Pixel, filtrando os visitantes do blog.

Assim como acontece com os assinantes do boletim informativo, você pode cultivar esses relacionamentos exibindo anúncios com novos posts do blog.

Os leitores fiéis ficarão felizes em clicar, enquanto a exposição adicional pode transformar leitores ocasionais em fãs recorrentes.

Como sempre, tudo depende de se o valor que você está oferecendo repercute nas pessoas que você está observando.

👉 Mostre aos leitores do blog ímãs de leads para obter seus endereços de e-mail

Os ímãs de leads são peças de conteúdo gratuito e de alto valor pelas quais as pessoas precisam fornecer seus endereços de e-mail.

Pense em e-books, webinars, cursos em vídeo, modelos para download... Qualquer coisa com valor suficiente para convencer as pessoas a fornecerem seus endereços de e-mail para que você possa colocá-las em seu pipeline de vendas.

Certifique-se de excluir dessa lista as pessoas que já assinaram seu boletim informativo. Você já tem os endereços de e-mail deles, portanto, mostrar-lhes ímãs de leads é um desperdício de dinheiro.

Basta excluir o público-alvo da lista de e-mails que você criou antes de configurar o anúncio.


Reproduzir #9: Faça a jogada dos clientes dos sonhos com o Lookalike Audiences

Gostaria de ter mais alguns de seus melhores clientes?

As pessoas que realmente precisam do seu valor e que provavelmente se converterão quando você as abordar?

É exatamente isso que os públicos semelhantes podem fazer por você.

Embora os públicos-alvo personalizados sejam incríveis para orientar os leads mais adiante em seu funil de vendas, os públicos-alvo semelhantes são a ferramenta ideal para alcançar novas pessoas, encontrar novos leads e segmentá-los com anúncios.

Os semelhantes são grupos de pessoas que não estavam em seu radar antes, reunidos pelo Facebook a partir de e-mails ou dados coletados pelo seu Pixel.

Se bem feito, o Lookalike Audiences pode lhe trazer muitos novos leads 🤑.

Provavelmente, o sósia mais valioso que você pode criar é aquele baseado em seus clientes com o maior Customer Lifetime Value (CLV).

Se você ainda não estiver usando o CLV para direcionar os esforços de marketing...
👉 Agora seria um bom momento para começar.

Ela informa quanto dinheiro você deve gastar para obter e reter clientes. Isso a torna uma das métricas mais importantes para entender seus clientes.

Para calcular o CLV, combine as seguintes variáveis:

  • valor médio de uma venda
  • número de pagamentos recorrentes
  • número médio de usuários (se relevante)
  • tempo médio de retenção de um cliente típico (meses ou anos)

Por exemplo, o CLV de um cliente Salesflare pagando $30 todo mês para quatro usuários durante quatro anos: $30*12*4*4 = $4.320

calculating math in head

Pegue os principais 20% com o CLV mais alto e crie um público-alvo personalizado a partir de seus e-mails. Esses, meu amigo, são os clientes de seus sonhos.

Agora, crie um Lookalike a partir desse Custom Audience.

Um público espelhado apenas em seus clientes dos sonhos tem muito mais probabilidade de converter do que todos os seus clientes.

Crie outro Lookalike Audience arrasador com base em conversões

Primeiro, crie um público personalizado de pessoas que converteram em seu site.

Você pode fazer isso filtrando as pessoas que visitam uma página que só pode ser visitada depois que elas concluíram uma compra. Uma página de Obrigado - por exemplo 👇.

Em seguida, crie um Lookalike Audience a partir desse Custom Audience.

Lembre-se de que quanto mais dados seu Pixel conseguir reunir, mais preciso será seu Lookalike Audience.

Não se surpreenda se o seu Lookalike Audience não estiver convertendo a taxas alucinantes se você tiver configurado o Pixel há uma semana.

Outros sósias que você pode experimentar:

  • Lookalike com base em sua lista de e-mail de usuários pagos
  • Lookalike com base em sua lista de e-mail de usuários gratuitos

Algumas práticas recomendadas para tirar o máximo proveito dos Lookalikes:

  • Excluir suas listas de Retargeting das campanhas Lookalike
  • O Facebook criará um Lookalike com as pessoas do 1% mais semelhantes ao público original. Você pode criar um público mais amplo, mas meu conselho é que você só aumente a escala se os resultados dos 1% iniciais se esgotarem. Quanto mais amplo for o público, menor será a semelhança com seus semelhantes. O 1% dos Estados Unidos lhe dá cerca de 2 milhões de pessoas. Eu diria que esse é um começo bastante sólido.
  • Considere a possibilidade de combinar públicos semelhantes com grupos de interesse mais amplos. Para o Salesflare, poderíamos criar um Lookalike de nossa lista de e-mails e refinar esse grupo para atingir pessoas que trabalham com vendas e startups.

Reproduzir #10: Criar um funil de retargeting

Você pode usar o filtro Time Since Last Visit - do seu Pixel para criar um funil de redirecionamento inteligente para os visitantes do site.

A ideia é que você faça com que essas pessoas passem por uma sequência de diferentes promoções/ofertas de valor à medida que o tempo passa desde a última visita.

Orientá-los gentilmente para a conversão.

Levará algum tempo para descobrir a sequência que melhor converte, mas, depois de descobrir, você pode simplesmente sentar-se no sofá, jogar Mario Kart e ver o resultado.

Um funil de redirecionamento básico seria mais ou menos assim 👇

  • Dias 0 a 6 desde a última visita: promoção para inscrição no teste gratuito
  • Dia 7-11: ofereça um ímã de leads para obter o endereço de e-mail (ebook, etc.)
  • Dia 12-16: destaque o benefício #1 do produto com CTA para inscrição no teste
  • Dia 17-21: vídeo de depoimento destacando o valor do produto com CTA para inscrição na avaliação
  • Dia 21 a 25: destaque o benefício #2 do produto com CTA para inscrição no teste
  • Dia 26 a 30: promoção para registro de avaliação gratuita com nova imagem no anúncio

Só para você ter uma ideia.

Você precisará descobrir o que funciona melhor para o seu processo de conversão. Experimente com os tempos desde a última visita e diferentes tipos de conteúdo. Tente criar uma narrativa na sequência para que ela se fixe mais.

Na prática, isso se resume a criar públicos-alvo personalizados para cada uma das janelas de tempo que você deseja segmentar com anúncios diferentes. Em seguida, crie conjuntos de anúncios para cada público-alvo personalizado.

A desvantagem desse funil específico é que as pessoas que revisitarem seu site também estarão entrando novamente no funil desde o início.

Você pode contornar isso alinhando o funil a uma conversão personalizada

Por exemplo, o funil de retargeting do Salesflare é acionado quando os visitantes solicitam nosso whitepaper sobre The Augmented Sales Team na página inicial.

Isso não apenas evita que eles entrem novamente no funil desde o início, mas também faz o trabalho de qualificação inicial de leads.

Você pode fazer algo semelhante para configurar um funil de redirecionamento para as pessoas que iniciam um teste, fazendo com que uma página específica (como uma página de agradecimento) acione o funil.

Sequências de retargeting perenes como essas podem ser uma parte poderosa de sua estratégia. Apenas certifique-se de ter um fluxo constante de novos leads entrando em seu funil. As táticas de público semelhante do Play #9 podem ajudá-lo nisso.


Reproduza o #11: Direcionar as conexões do LinkedIn

Transforme suas conexões do LinkedIn em leads exibindo a eles anúncios do Facebook com valor relevante.

Você pode fazer isso facilmente carregando suas conexões do LinkedIn como um público-alvo personalizado no Facebook.

Vá para Configurações e privacidade em seu avatar do LinkedIn.

Em Account, procure por Getting an archive of your data.

Isso lhe dará um arquivo .CSV com todos os dados de suas conexões, incluindo endereços de e-mail que você pode carregar no Facebook como um público-alvo personalizado.

Fornecer valor de forma consistente em várias plataformas ao mesmo tempo é uma ótima maneira de aumentar rapidamente seu fator de conhecimento, curtidas e confiança.

Essa tática funcionará melhor se você for relativamente ativo no LinkedIn e tiver uma quantidade razoável de possíveis clientes em potencial em sua rede.

É mais provável que suas conexões se transformem em leads se elas souberem quem você é e acharem que você é valioso.


Reproduzir #12: Crie um grupo incrível no Facebook

Bem-vindo ao Ultimate Boss - nível de vendas no Facebook.

⚠️ Esse é um caminho que muitos tentaram trilhar, mas poucos dominaram.

Um ótimo grupo do Facebook requer um público-alvo com ideias semelhantes e conteúdo de alta qualidade. Todos os dias novamente.

Como fundador da comunidade, você é responsável por ambos.

Você terá que recrutar seus membros um a um e fornecer a eles conteúdo que não podem obter em nenhum outro lugar.

Pense nisso:

Em quantos grupos do Facebook realmente excelentes você está?

Um que ofereça a você conteúdo exclusivo todos os dias. Uma em que ninguém faz spam descarado de seu próprio produto. Uma em que cada publicação seja um sinal de valor e engajamento.

Quantos? 🤔

Até mesmo a potência do marketing de crescimento Josh Fechter falhou duas vezes antes de finalmente decifrar o código.

Hoje, ele dirige uma das comunidades mais engajadas e valiosas de empreendedores e profissionais de marketing de crescimento que existem. -

Ele faz isso oferecendo aos seus membros um valor incrível e exclusivo todos os dias, inspirando outros a fazerem o mesmo.

Você precisa gastar todo o seu tempo e energia na criação de algo que realmente agregue valor às pessoas a quem está pedindo dinheiro!
💬 Gary Vaynerchuk

É o caso mais extraordinário de construção de comunidade que já vi.

Próximo, ele se baseou em sua comunidade para fazer com que a startup de automação de marketing Autopilot $200k em vendas. Não estou brincando.


Você ainda não viu nada 😏

Considere este o prólogo da introdução do Facebook Marketing.

Há muito mais de onde esse veio.

Pense nessas táticas como os tutoriais que você deve seguir ao iniciar um novo videogame.

Esses foram os movimentos básicos para você começar. Para chegar ao nível profissional, você precisa começar a jogar.

A melhor estratégia de anúncios do Facebook é diversificada, abrangente e, acima de tudo, ridiculamente direcionada especificamente para seu cliente ideal.

Não escolha apenas uma das táticas mencionadas aqui. Experimente todas elas.

Misture as coisas e combine-as em suas próprias receitas exclusivas. Teste tudo para chegar à tática perfeita para cada grupo-alvo.

Como acontece com qualquer coisa em marketing, tudo se resume a value-audience fit.

Quem é seu público-alvo, que problemas eles têm e o que é valioso para eles? Quais traços e características eles compartilham e tudo isso se encaixa na quantidade absurda de possibilidades de segmentação que o Facebook tem a oferecer?

Esses são os elementos essenciais que você precisa descobrir para realmente arrasar. A partir daí, é só jogar e se esforçar.

Se quiser se aprofundar mais, confira estes recursos do AdEspresso:

Esses guias o informarão sobre coisas que não foram abordadas aqui e muito mais.

O mais importante é o orçamento e a licitação.

O marketing tem tanto a ver com o quanto você investe nele quanto com o quanto você obtém dele.

O AdEspresso também tem dois eBooks sobre como arrasar no Facebook com a sua empresa, mas você pode ter certeza de que eles o direcionarão para o Facebook assim que você começar a ler os guias listados aqui 💩.

Por fim, dê uma olhada neste guia do Canva sobre como criar graficamente anúncios do Facebook que geram resultados. Todos nós gostamos de coisas bonitas para os olhos.


Esperamos que você tenha gostado desta postagem.

Se você gostou, clique em ❤ para espalhar a notícia!

Para mais informações sobre startups, marketing de crescimento e vendas
👉
assine aqui
👉
Siga @salesflare no Twitter

 
Gilles DC