Como o desenvolvimento de uma marca pessoal pode ajudá-lo a fazer mais vendas

Um blog convidado de Daniel Bishop (editor júnior da DesignRush)

Um livro sobre identidade de marca pessoal, para ajudar a estabelecer sua marca pessoal
Fotógrafo: Patrik Michalicka | Fonte: Unsplash

Vendas é a arte da persuasão. Certamente, ter um bom produto é importante, mas não é o fator decisivo que fará com que seus clientes em potencial digam sim. Se quiser ter sucesso nessa profissão, primeiro você precisa aprender a se vender para seus clientes. E isso requer uma marca pessoal forte.

 

1. Por que uma marca pessoal é importante

 

Letras do Scrabble que formam a palavra "brand" (marca)

Os clientes estão se tornando cada vez mais exigentes e seletivos. Por que não o fariam quando têm muitas opções?

Eles não se contentam com marketing de massa e mensagens insípidas e impessoais. É por isso que é importante fazer com que eles se sintam especiais e tratá-los como seres humanos e não como números de vendas. A marca pessoal o ajudará a se conectar com seu público em um nível mais profundo e a estabelecer conexões emocionais.

92% dos clientes estão mais propensos a confiar em recomendações de outras pessoas, mesmo que não as conheçam pessoalmente, em vez de mensagens de marcas. Essa estatística indica claramente que a fidelidade e a confiança nas marcas atingiram o ponto mais baixo de todos os tempos.

Não é de se admirar que as marcas tenham se tornado frias, sem rosto e corporativas. É aí que sua marca pessoal cuidadosamente desenvolvida entra em cena para dar um rosto ao nome e humanizar sua empresa.

Aqui estão algumas etapas que você precisa seguir para desenvolver sua marca pessoal.

 

2. Construir e cultivar sua reputação

 

Um gráfico que mostra um aumento na reputação

Sua reputação sempre o precede, especialmente hoje em dia, quando muitas pessoas praticamente vivem na Internet. Basta digitar o seu nome e o da sua empresa na caixa de pesquisa do Google e descobrir como a comunidade on-line o vê.

Por exemplo, as pessoas que visitam o seu site formarão uma opinião sobre ele em apenas 0,05 segundos e tomarão a decisão de sair ou explorá-lo mais. Portanto, você tem pouquíssimo tempo para causar uma primeira impressão matadora.

Da mesma forma, as revisões on-line são particularmente poderosas em termos de impacto sobre a percepção que os clientes em potencial têm da sua empresa - 93% das pessoas usam as revisões para determinar se uma empresa local é confiável ou não.

É evidente que quanto mais seus clientes em potencial confiarem em você, maior será a probabilidade de comprarem de você. Quando se trata de aprimorar e polir sua imagem e reputação, você deve se lembrar de que o diabo está nos detalhes.

Portanto, certifique-se de que:

  • Otimize seus canais de mídia socialAlém disso, remova todos os comentários, fotos ou publicações inadequados que possam mostrar sua imagem de forma negativa. Não se esqueça de que muitas reputações e carreiras foram vítimas de um único tweet.
  • Crie um site pessoal que liste suas realizações, interesses, empregos e outras informações relevantes sobre você.
  • Reivindique URLs personalizados nos canais de mídia social. Isso é ótimo para SEO e para aumentar o reconhecimento de sua marca pessoal. Além disso, é muito melhor ter um URL exclusivo e memorável do que uma sequência de letras e números.

 

3. Estabeleça-se como um líder de pensamento em seu nicho

 

Uma caneta com as palavras "be creative" (seja criativo)

As pessoas confiam em especialistas e líderes de opinião. Como vendedor, você provavelmente absorve cada palavra que Jeffrey Gitomer, Mike Schultz e Marc Wayshak dizem, e está disposto a pagar para ouvi-los falar em uma conferência.

É por isso que muitos comerciais e anúncios apresentam nomes conhecidos e profissionais ilustres. Portanto, uma das melhores maneiras de aumentar suas vendas é tornar-se uma autoridade em seu nicho.

O essencial:

  • Forneça conteúdo valioso
    Sim, você já ouviu isso um milhão de vezes, mas nunca é demais enfatizar a importância do conteúdo relevante, que aborda os pontos problemáticos do seu público-alvo e o educa, para que sua voz seja ouvida e se destaque da concorrência. Para garantir que tudo o que você publica no seu blog, nos canais de mídia social e no seu boletim informativo seja de excelente qualidade, considere unir forças com agências de marketing digital capaz de produzir conteúdo especializado.
  • Oferecer conselhos úteis
    Participe de diferentes grupos e fóruns de mídia social e participe de discussões, apresentando sua perspectiva sobre os assuntos. Dessa forma, você chamará a atenção de seus colegas e clientes em potencial e mostrará sua experiência. Ser útil é fundamental para as vendas, e você pode até considerar isso uma abordagem de venda suave. É mais provável que as pessoas lhe dêem referências e até mesmo comprem de você quando perceberem que você realmente quer ajudá-las.
  • Interaja com seu público
    Estabelecer-se como um líder de pensamento não significa que você deva falar o que seu público ouve; é importante ouvir ativamente o que eles têm a dizer e participar de conversas bidirecionais. Ao deixar comentários nas postagens de outras pessoas ou fazer perguntas no LinkedIn ou no Twitter, você gera discussões e cria conexões.

 

4. Seja único e autêntico

 

Uma maçã em pé devido à sua cor

"A cliente não é uma idiota. Ela é sua esposa."disse o pai da publicidade moderna, David Ogilvy.

E, caramba, ele estava certo! Suas palavras são relevantes mais de 50 anos depois. Seus clientes podem dizer se você é sincero ou não. Portanto, o truque é ser você mesmo. Caso contrário, você parecerá um personagem de papelão sem uma personalidade única.

Gary Vaynerchuk deu um ótimo exemplo de como não parecer uma pessoa assim.

Ele não se abstém de falar palavrões ou usar palavras de baixo calão e uma narrativa bem pouco ortodoxa. E as pessoas gostam disso porque percebem que ele está apenas sendo autêntico. Isso faz parte de seu charme e de sua personalidade. Ele encontrou uma maneira de se conectar com seu público usando uma linguagem com a qual eles podem se identificar.

No entanto, ele é um especialista em vendas e marketing, e isso fica evidente em sua abordagem casual e realista.

 

5. Seja consistente

A consistência é um ingrediente secreto quando se trata de criar uma marca pessoal. Isso significa que você deve publicar seu conteúdo (e o conteúdo selecionado) regularmente. Se sua abordagem for indiferente e esporádica, você desaparecerá do radar do seu público.

Fora da vista, fora da mente é o princípio que se aplica aqui, especialmente se levarmos em conta que todos os dias mais de 2 milhões de conteúdos são publicados na Internet. Essa sobrecarga de informações esmagará seus esforços irregulares como uma avalanche, portanto, certifique-se de seguir um cronograma de publicação estabelecido.

Entretanto, a consistência também se refere ao tom de sua voz. É ruim para sua marca pessoal e sua reputação fazer piadas bobas nas mídias sociais se você estiver tentando se apresentar como um empreendedor sério e líder de vendas.

Além disso, se o seu tom não for consistente, seu público ficará confuso quanto à mensagem que você está tentando comunicar.

 

Considerações finais

Uma marca pessoal bem pensada e cuidadosamente cultivada pode fazer maravilhas por seus esforços de vendas. Essas dicas simples podem ajudá-lo a aumentar seu público fiel, criar e manter uma reputação impecável e estabelecer-se como um profissional de credibilidade. Tudo isso permitirá que você feche mais negócios e atinja sua cota.

Daniel Bishop começou como consultor de conteúdo para pequenas empresas de SEO e web design. Por fim, ele encontrou seu lugar como editor júnior da DesignRush, um mercado B2B que conecta marcas a agências. Sempre em busca de novas oportunidades, ele adora compartilhar ideias com outros profissionais da comunidade digital. Encontre-o no Twitter: @DanielB78263381

Esperamos que você tenha gostado desta postagem. Se gostou, espalhe a notícia!

👉 Acompanhe nossas Masterclasses e aprenda sobre startups, marketing de crescimento e vendas:

👉 Não deixe de seguir @salesflare em Twitter ou Facebook

Ali Colwell